Após perdoar Nego do Borel, Luisa Marilac não descarta processar cantor

Luisa Marilac afirma que tentou acordo com o cantor, mas não obteve retorno. Entrar na justiça contra Borel não é descartado: “Quero respeito”

Depois de perdoar Nego do Borel publicamente e pedir para fãs pararem de crucifica-lo , Luisa Marilac usou o YouTube nesta terça-feira (29) para retomar a polêmica com o cantor. “O tempo e a vida me ensinaram uma coisa: quem bate, esquece; quem apanha, nunca esquece. Vou entrar em contato com meus advogados, para ver os trâmites legais. Se for o caso – espero que não seja – de eu ter que entrar na justiça para reivindicar meus direitos, não faço questão de nenhum tostão. Será revertido em alguma causa trans ou gay”, falou Luisa.

Ela começa o vídeo se apresentando e falando do Dia da Visibilidade Trans, celebrado em 29 de janeiro. Após a introdução, ela aborda o assunto pendente com Nego do Borel .

“Todo mundo sabe que sempre segui o Nego do Borel, sempre tive um grande carinho, até o dia que ele me magoou. Sou muito criticada porque as pessoas falam que tenho que processar”, disse Luisa Marilac .

Além disso, Marilac explica por que não moveu uma ação contra o cantor. “Minha equipe entrou em contato com a equipe dele pra ver se a gente conseguia um processo de conscientização, que ele falasse um pouco nas redes sociais dele sobre a causa transgênero, sobre o gay , entendesse um pouco mais do assunto, pra ajudar nesta causa devido aquele vacilo que ele deu”, justificou.

A modelo agradeceu o fato de o assunto estar morrendo, e afirmou não precisar de polêmicas para ser vista. “Devagarzinho estou conseguindo meu espaço na internet. Nunca precisei pisar na cabeça de ninguém para aparecer. Eu e minha assessoria estamos esperando uma posição do Borel, para ver a decisão que ele vai tomar”, comentou Luisa. “Eu não preciso me autopromover e muito menos quero um tostão dele. Eu quero que ele, depois de ter me feito mal, pague com o bem. Falando, divulgando, aprendendo. Acho que, de uma forma, vai limpar até a moral dele”, pediu.

Indignada, Luisa revela seu desejo: “Não quero e não preciso do dinheiro dele. Eu quero respeito. Não quero aceitação, apenas respeito. Está na hora das pessoas pararem de bater, depois vir soprar e pedir desculpas e ficar por isso mesmo. Eu não deixo mais ninguém me agredir, me ofender e depois pedir desculpas e ficar por isso mesmo”, desabafou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *