Ivete Sangalo sobre agenda cheia e filhos: ‘Não adianta se culpar’

Ivete Sangalo é uma mãezona! A artista, que está sempre com a agenda cheia e faz shows pelo país o ano inteiro, contou em entrevista como faz para dar conta da carreira e da vida em família. Para ela, é importante investir na qualidade dos momentos ao lado dos filhos e não adianta se culpar. Ela também afirmou que a estabilidade financeira ajuda a ter uma vida mais tranquila.

Ivete Sangalo não cansa de declarar o seu amor pelos filhos e pelo marido, o nutricionista Daniel Cady. Em entrevista à revista “Crescer”, a artista falou sobre como faz para dar conta da rotina de shows e da família. A artista é mãe de Marcelo, de 9 anos, e das gêmeas Marina e Helena, que nasceram em fevereiro deste ano. “Eu tenho a sorte de ter um trabalho que é muito flexível pra mim, então consigo organizar minha agenda ao meu bem-estar”, disse.

ESTABILIDADE FINANCEIRA AJUDA BASTANTE

Ivete admite que estabilidade financeira e maturidade ajudam a ter uma vida estruturada com a família. A artista se considera uma pessoa de sorte por isso e sabe que muitas mulheres não têm as mesmas oportunidades. “Ser mãe é muito gostoso. Eu sou completamente apaixonada por eles. Embora eu não tenha pensado nisso tão meticulosamente, eu tive a sorte de ter meus filhos com 25 anos de carreira, já estabelecida financeira e profissionalmente. A vida me deu essa oportunidade, mas sei que não é a realidade de muitas mães que precisam voltar à luta e não conseguem estar presente na vida da família como gostariam”, comentou.

QUALIDADE DO TEMPO COM OS FILHOS É FUNDAMENTAL

Para as mães que se culpam por ter que trabalhar, Ivete tem uma dica especial que costuma usar em sua vida. Para ela, o mais importante é encher os filhos de amor e priorizar os momentos felizes. “Não adianta se culpar. O importante não é a quantidade de horas que você se dedica à família, mas a qualidade desses momentos, não importa se você tem uma, duas ou três horas por dia”, declarou.

SEM REGRAS OU DITADURA PARA MULHERES

Na entrevista, Ivete também falou sobre a constante exigência por beleza e por uma vida sempre perfeita, que acaba sendo um problema para o universo feminino. “Existe uma real ditadura sobre a vida das mulheres. O que elas são, o que têm que ser, o que comem, onde estão, é o filtro… E isso tudo é muito superficial e pouquíssimo profundo”, finalizou

MOMENTO DELICADO APÓS NASCIMENTO DAS FILHAS

A cantora já declarou que passou por um momento delicado após o nascimento das gêmeas, mas que, felizmente, conseguiu superar. “Eu amamentava e chorava de emoção porque estava amamentando as minhas filhas. Só que daí passava o meu filho e dizia: Meu Deus, eu ainda não brinquei com ele hoje e vinha a culpa. Eu chorava muito tempo. E, para fechar com chave de ouro, na hora delas dormirem e eu dar de mamá, colocava sempre uma musiquinha instrumental, as vezes tinha só guitarra e contrabaixo, de alguns músicos que eu ouço e gosto. Eu ouvia aquela música e falava: Meu Deus, que música linda e chorava, chorava, chorava… Era só isso. Choro de culpa, mas de uma alegria muito forte. Sem contar com os hormônios batendo blá, blá, blá”, lembrou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *